Mulher que enjoa.
abril 30, 2013
O grande babaca.
maio 3, 2013

Já transei com todo mundo.

cama

Finalmente fui contratada, era tudo que eu queria trabalhar neste grande escritório de advocacia. Trata-se de uma das maiores bancas do pais  com empresas coligadas no exterior, temos um prédio inteiro no Rio no centro e em SP é maior ainda um lugar onde posso aprender bastante e subir na minha carreira.

Meu casamento entra no 5o ano, não temos filhos e sinto meu marido muito afastado de mim, aquele calor e emoção do inicio sumiu, vivemos integralmente para o trabalho o que nos ocupa a maior parte dos fim de semana também. Chegamos cansados, pouco conversamos e dormimos. Mas não é isso que quero pra minha vida, trabalhar o dia todo, sem vida conjugal e sem maiores atrativos. Já tentei conversar com ele e parece que ele quer me perder, sempre empurrando com a barriga quando tento conversar sobre a nossa vida. Não sei mais o que fazer, já sugeri uma terapia de casal, mas ele escapa, alega falta de tempo e a vida continua sem razão pra mim. (NR. A sugestão aqui seria ‘separação JÁ’). Mas por ele fica tudo como esta, e se eu não me mexer vai ficar tudo como esta mesmo.

No escritório já transei com todo mundo tentando apaziguar minhas necessidades, companheiros de sala, gerente, diretores, com todos. E quando vou a SP a trabalho, lá também tenho meus casos. Não acho certo, não sinto culpa, mas depois me afogo de novo no trabalho e esqueço ou sublimo.

Como em 95% das situações nossa amiga pediu divórcio, mudou de emprego e tem tudo pra se encontrar de novo.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>