A vida é bela

junho 27, 2019

Depois daquele beijo.

Sempre soubemos que as traduções dos títulos dos filmes no Brasil nunca tiveram nenhuma relação com o título original. Não sei onde nossos distribuidores escolhem traduções bizarras ou completamente fora de contexto. Nem sei também ao certo qual seria o objetivo. Vender mais assentos no cinema? Ser mais chamativo? Quem compra os direitos do filme para […]
novembro 25, 2018

Relevante.

Adotei no inicio do ano em dar preferência na minha vida somente as situações relevantes e que diziam respeito a responsabilidades e agenda, e mesmo assim revisando essas duas ao máximo separando o joio do trigo, para ter espaço suficiente na minha cabeça para poder me dedicar a projetos mais interessantes como escrever ou o que […]
outubro 8, 2018

O magnetismo de Rose.

Sentado na beirada da cama, sem saber direito o que fazer, um misto de paz com um slow motion silencioso, ela aparece e me dá um beijo na boca que se perde no tempo. Quando conclui ela diz ‘esse beijo você nunca vai esquecer’. Terminei de me vestir e parti; o beijo foi a coroação de […]
abril 18, 2018

Radar Love.

Radar love ou Amor radar ou Radar do amor, tanto faz, você escolhe. Radar Love é o nome de um rock de 1973 de uma banda chamada Golden Earring que fez relativo sucesso por aqui (via rádio). Porque nessa época os grupos de rock/pop dificilmente vinham ao Brasil. A moça do Waze avisa freneticamente três vezes […]
março 5, 2018

Selfie.

Saiu da loja com o aparelho novinho lacrado e não titubeou, inaugurou o celular com uma selfie. Em seguida passou a selfie por um app para tirar as falhas e só então publicou nas redes sociais, sim pelo menos em três redes. Não sei se comprou uma super máquina fotográfica que por acaso vem acoplada a […]
fevereiro 1, 2018

Serendipity

No final dos anos 70 fiz uma viagem para NY e naquela ocasião fiquei deslumbrado com o Village. Era o bairro queridinho na época, onde todas manifestações artísticas e culturais aconteciam, artistas em inicio de carreira, feiras, lojas bem underground, músicos tocando na rua e ainda pairava no ar um pouco daquele resquício do movimento hippie […]
maio 29, 2017

O domingo do fog londrino e a nostalgia.

Acordei, abri a janela e não consegui enxergar o prédio vizinho a poucos metros de distância, achei tudo estranho e pensei que ainda estivesse dormindo, mas não, era real a sensação do ruço que se abateu sobre a cidade do Rio de Janeiro. Os dias outonais já tem uma coloração e luminosidade diferentes  que ajudam bastante […]
janeiro 12, 2017

Boa viagem…Que saudade.

Ela nem tinha ido ainda, nem tinha feito a mala, nem tinha feito nada. Mas só o aviso que passaria uns 40 dias longe do Rio,viajando para o outro lado do mundo para visitar sua família desencadeou sentimentos estranhos que iam desde  ausência a uma angustia inebriante. Aquela noticia não saia da minha cabeça atrapalhando meus […]
dezembro 1, 2016

Teletema.

Há muito não escrevia sobre um tema que mexeu tanto comigo no passado. Outro dia ouvindo no rádio de um táxi a música ‘Teletema’, fui teletransportado ao início dos anos 70, eu bem jovem saindo da adolescência e descobrindo o mundo. Não sei se falo da música de Antônio Adolfo e Tibério Gaspar, se falo da Regininha numa […]
outubro 27, 2016

Minha gueixa.

Quando resolvi escrever sobre este assunto, decidi que não queria fazer uma crônica didática. Muito se fala sobre gueixas, mas sempre acompanhado de controvérsias e desinformação. Acredito que depois do filme ‘Memórias de uma gueixa’, lançado em 2005, e de ser possível acessar farto material na internet, você consegue fazer um retrato perfeito da tradição das […]
outubro 13, 2016

Caso sério.

E lá se vão mais de sete anos desde que a conheci, parece que foi anteontem. Naquele distante 2009, eu vinha de um término de casamento, andava sem destino e, mais ainda, sem lenço e sem documento. Mas lembro-me como se fosse hoje nosso encontro no Chico e Alaíde recém-inaugurado, numa noite chuvosa e fria de […]
setembro 22, 2016

Encontro no boudoir.

Boudoir ou budoar? Tanto faz, eu nem sabia que essa palavra já tinha similar em português. Mas o que vem a ser um boudoir?  Antes do Marquês de Sade escrever a respeito do tema, a conotação era de um cômodo pequeno com cadeiras, sofás e espelho (não confundir com closet), entre a sala e o quarto […]
julho 28, 2016

Eu só quero é ser feliz.

Segundo o filósofo grego Aristóteles, a Felicidade é o ‘significado e o propósito da vida’. Quem não quer ser feliz? Todos querem, mas a busca, às vezes, se torna um tanto quanto exaustiva e inexequível. Isso porque você não vai encontrar a felicidade ali na esquina. Você a constrói de dentro pra fora, o interior é […]
março 31, 2016

Amor em 600 fios.

    Tinha comprado um jogo de lençóis king size de 600 fios, em algodão egípcio, e ainda estava guardado na embalagem há mais de um ano e meio. Ela o retirou do seu enorme closet com um grande sorriso nos lábios, havia chegado a hora de usar. Era ‘good stuff’, de 1ª, comprado na Bergdorf […]
fevereiro 25, 2016

Finalmente virei mulher.

Tantos conheci, tantos namorei que perdi a conta. Com alguns casei e até tive uma filha; pude experimentar a maternidade, melhores anos. Mas nada ficou nem me transformou. O tempo passou e ainda me sentia uma menina: falava como uma menina, pensava como uma menina e, consciente e inconscientemente, eu era uma menina.   Não havia […]
janeiro 28, 2016

3 noites de amor.

A imersão foi total, como que se atraídos magneticamente. As aproximações não paravam de acontecer, entremeadas por pequenas conversas e goles de espumante rosé, voltávamos a nos beijar e carícias não eram poupadas.   Todos os cômodos do apartamento foram fartamente utilizados. O amor e suas sensações ocupavam seus grandes espaços, que se tornavam pequenos para […]
dezembro 17, 2015

Amor Robin Hood.

A história que nos chega vem do interior de São Paulo, precisamente de Ribeirão Preto, cidade próspera, rica e amável. E, mais uma vez, os problemas ou soluções como vamos ver mais adiante se repetem, mas sempre com nuances diferentes e, neste caso, com final feliz e abençoado.   No centro da triangulação está uma senhora […]
outubro 15, 2015

O encontro (Com a dona de casa)

Depois da troca de olhares, houve a troca de telefones, afinal, em minutos, a sessão de cinema começaria. No dia seguinte se encontraram. Escolheram um bar perto da casa dos dois e, por incrível que pareça, a conversa foi acontecendo na base de refrigerantes.   Ela apareceu de cara lavada, muito à vontade, com um vestido […]
outubro 8, 2015

Amor como tem que ser.

Como você imagina que tem que ser?   Perguntando assim, o que vem à sua cabeça? Na minha vem logo vontade de estar perto, de ficar junto; a sensação agradável que precede o encontro, os momentos que o antecedem e a pulsação dentro do peito.   Mas não é só isso. Sem querer cair em clichês, […]
setembro 10, 2015

Você sabe dançar?

Ela me fez essa pergunta na lata e titubeei pra responder porque, de fato, eu não sei dançar. “Se não sabe entre agora numa academia de dança.” Falou com tanta veemência que me assustei.   Antes de continuar, quero abrir um pequeno parêntese. Temos ou não temos jeito para determinadas atividades físicas e/ou intelectuais, está no […]
julho 30, 2015

Dersani.

A ginecologista dela receitou e explicou que a maior parte das suas pacientes usava, e era infalível. Eu não conhecia, mas um dia tomei conhecimento. Foi assim.   Cheguei à sua casa e ela já estava de camisola. Este era o sinal. Quando eu chegava e ela estava de camisola já sabia que era dia de […]
julho 2, 2015

Homem da madrugada 2

Hoje é dia de lua cheia, de novo. Dia do homem da madrugada. Só de pensar meu corpo estremece. Um calor sobe do meu ventre até o rosto, tenho sede e fome da sua  boca, de seus beijos quentes e úmidos. Tenho arrepios só de imaginar ele surgindo na madrugada, como um lobisomem.   Arrumo a […]
junho 24, 2015

Bom dia = Eu te amo

O negócio é o seguinte, ouvi dizer que a mulherada anda tão carente que qualquer ‘Bom dia’ que elas recebam de um homem significa estar ouvindo ‘Eu te amo’.   Como eram três amigas conscientes, assuntadas e ‘in’ que estavam conversando, resolvi ir mais a fundo. Estiquei meu ouvido e perguntei bem alto: Como é que […]
maio 21, 2015

Academias…ah academias!

Academia é um vício, dependência física e muito mais que isso, dependência emocional. Para algumas é quase um orgasmo, um divã de psicanalista, uma verdadeira obsessão. Frequentar academia de renome dá status, poder e descortina um mundo de ilusões e fantasias que alimentam a alma dessas mulheres. Corpos sarados, corpos avantajados, corpos esqueléticos, todas disputam uma vaga […]
maio 14, 2015

A mulher e os sapatos.

Engraçado, sempre que penso em sapatos femininos me lembro da Imelda Marcos e da Carrie Bradshaw, do seriado ‘Sex and the city’, que mostrou em larga escala que existia um cara chamado Manolo Blahnik, um artesão dos sapatos femininos. Fora outro chamado Christian Louboutin.   Mas Imelda e Carrie já ficaram lá pra trás, e eu […]
maio 7, 2015

Sensibilidade com pegada.

Sensível e com pegada, este parece ser o ideal de homem que a maior parte das mulheres persegue.   Sensível, macio, que saiba escutar e entender a alma e o universo feminino, que possa ouvir o que a sua mulher tem a dizer, que saiba argumentar e entenda de artes e cultura e, se for um […]
março 19, 2015

Homem da madrugada.

Meu celular acusa uma mensagem, nem preciso olhar pra saber quem é, são duas horas da manhã e leio a mensagem: ‘Estou chegando…’   Sinto um arrepio que vai do ventre ao couro cabeludo, preciso ser rápida, tomar um banho, vestir uma calcinha sexy. A excitação toma conta do meu corpo e viajo em minhas fantasias […]
março 12, 2015

Amigas para sempre…até que a língua as separe.

Lá vão elas felizes bater ponto e marcar presença na academia mais badalada da cidade. Chegam em seus carros blindados, bebem champagne, só usam bolsas grifadas e sabem de todos os lançamentos de moda.   Plastificadas, lipoaspiradas, silicone nos seios e nos bumbuns, botox e megahair completam o visual. Não tem idade definida, frequentam o mesmo […]
março 5, 2015

Porteiros.

Desde há muito estou para escrever uma crônica sobre esta nobre e brava categoria de trabalhadores que são os porteiros de prédios.   Vou discorrer sobre os porteiros de prédios residenciais. É incrível como eles sabem de tudo e da vida de todos moradores. Sempre atentos, têm uma memória computadorizada, conhecem e sabem o nome e […]
dezembro 11, 2014

Marcas do amor.

Todo amor deixa marcas.   Como não acredito em amor pequeno, amor é sempre grande, intenso e tsunâmico, as marcas ficam para sempre e, como essas marcas estão gravadas na alma, você não as vê, são marcas grandes que fecham e cicatrizam, mas continuam lá. Só você as enxerga e, mesmo ficando bem cicatrizadas e curadas, […]
//]]>