dezembro 12, 2017

Lidando com perdas irreparáveis.

A saudade é diária, 24hs por dia, lembranças, memórias, tudo vem a tona, reaparece a todo momento e uma dor profunda e lancinante irrompe sem hora pra acabar. Só quem passou, quem viveu e quem tem sensibilidade sente os efeitos. O mundo se esvazia, impera o silêncio e o desinteresse se instala. Fica um deserto emocional […]
//]]>