março 30, 2017

Drive-in e o conhaque Dreher.

Coisas tão antigas, palavras em desuso. Quem nos tempos de hoje já foi a um Drive-in? Quem aqui já bebeu um conhaque Dreher? Pensando como vocês, achei que esses dois ícones em tempos passados estavam enterrados. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que aqui no Rio de Janeiro  ainda existem, bem perto de todos nós, […]
março 28, 2017

A mórbida e os aplicativos de paquera.

Hora e vez escrevo sobre tendências e novidades. Gosto de escrever sobre o novo, sobre o que está acontecendo e se tiver tecnologia envolvida melhor ainda. Tudo começou a mudar lentamente há uns 20 anos e hoje quem não estiver plugado e conectado está ‘morto’. Desde 2013/2014 venho observando o crescimento dos aplicativos de paquera para […]
março 15, 2017

E se não tivesse a ressaca?

Acordei com uma baita dor de cabeça, nem dei tempo para ela passar parti logo pra ignorância e tomei um Alivium 600. Tinha um dia longo pela frente e não iria conseguir levar daquele jeito. O horário da reversível tinha terminado e o trânsito já estava calmo naquela quarta-feira. Optei pela Av. Niemeyer, o dia estava […]
março 8, 2017

A fila da insensatez.

Cinco meses é bastante tempo, dependendo para que,  pode não ser nada ou pode tornar-se uma eternidade. O que faz as pessoas se tornarem fãs de um cantor, de uma atriz  ou de um atleta ainda não é bem clara e definida. Milhões de pessoas mundo afora mudam sua conduta de viver e se entregam como […]
//]]>