janeiro 30, 2015

A judia goy.

    Esse título é meio contraditório, se é judia como pode ser goy e, se é goy, como pode ser judia? Mas é assim mesmo a crônica de hoje.   Sempre dizem que os judeus são muito fechados entre si, que os judeus não se misturam com não judeus e não aceitam pessoas que não […]
janeiro 28, 2015

A cabalista fake.

Luz, compartilhar, consciência, nível da alma, conexão, proatividade, energia positiva, espiritualidade, o Criador, mensagens, anjos, expansão, amar, celebração, milagres, 99%, correção, revelação, infinito, semente, recipiente, desafios, voluntariar, certeza, oração, tikun e Zohar.   Aprendemos tantas palavras bonitas e carregadas de positividade na Kabbalah. Estamos lá para nos tornarmos seres melhores e aprender coisas novas, como nosso […]
janeiro 22, 2015

O motorista amigo.

    Quando surgiu este assunto nosso grupinho não parou por um segundo, risadas intermináveis. Então vamos lá.   Quero deixar claro que adoro rir, algumas crônicas são um pouco sombrias porque falo de pessoas sombrias, mas hoje, só gargalhadas. Gosto de rir incessantemente, incontrolavelmente, aquele riso que não para nunca e que chega a te […]
janeiro 15, 2015

Loba em pele de cordeiro.

Ouvi essa expressão outro dia, tão antiga, mas tão atual, que pensei: dá uma crônica. E me remeteu a uma mulher que conheci que era a própria, vestia como uma luva essa expressão. Quem a conhece acha que é um amor, um cordeirinho, mas com o tempo a máscara cai, quer dizer a pele cai e […]
janeiro 8, 2015

O número 1 e o número 2

Número 1: 1º tempo                               Número 2: 2º tempo, prorrogação e pênaltis.   Número 1: Velho e antigo                     Número2: Forever Young   Número 1: Agressivo                              Número2: Paz e […]
janeiro 2, 2015

Eu nunca gostei de sexo ou minha libido foi embora.

Esse tema está sempre presente no blog, de vez em quando ele pipoca por aqui. Recebo muitas solicitações de mulheres para que eu aborde estas questões. Não sou médico, nem sexólogo e muito menos psicólogo. Escrevo e, como com qualquer tema, recorro à literatura sobre o assunto ou utilizo minhas experiências pessoais.   Então vamos lá. […]
//]]>